Guardião do meu coração

(Marta Rodriguez) 

Sou os teus momentos de glória
Deusa levada, ilícita, amada.
Das tuas grandes histórias,
Lascivas caricias sem memórias,

Sou o teu refugio
No tudo o que precisas...

Estás em minha vida,
Entraste por uma porta sem chaves
Por uma entrada sem saída
De sonhos sem muros,
De caminhos sem estradas...

Sou a liberdade que procuras
As asas que nos fará voar nas alturas
Por um mundo lícito de aventuras,
Porque és ti,
O guardião da porta do meu céu...

Sou o alento do teu fogo
O desejo do teu olhar explicito,
A paz do teu coração aflito
O alimento do teu corpo faminto,

És ti, o acerto do meu desconserto
O exílio do amor que trago no peito,
O Deus que me põe em transes,
O servo que satisfaz os meus prazeres...

Sem o teu apego não sou nada
Além de prisioneira de mim mesma,
Porque és ti,
O senhor do meu amor,
O guardião do meu coração...

2 comentários:

daufen bach. disse...

Olá minha amiga!

que linda declaração!
guardiões do coração sempre tem responsabilidades a mais, cuidar de corações é tarefa divina, coisa feita sob medida.
que o guardião de teu coração saibas sempre
guiar teus caminhos e sentimentos.

abraço terno a ti!

daufen bach.

Anônimo disse...

Entregue teus caminhos e teu coração nas mãos da pessoa certa.Cuidado com promessas e ilusões.
Quem ama cuida.
Quem ama não oculta.

Lindos versos.
Parabéns.
Uma pessoa que navega por internet.Lúcia.