Horas de Prazer














Horas de prazer
(Marta Rodriguez)

A abelha e a flor
sob uma noite espetacular...
tremeluzentes estrelas a sondar
soberanamente amantes a se amarem.

A essência da flor a tomar o ar
a abelha vem suas pétalas acariciar
com a sua (língua) de fogo
pronta para do seu nectar provar...

Sob a brisa quente e terna
de (lábios) a sugar a flor,
sussurros governam os toques,
as caricias, e os desejos de amar...

Sob palavras de amor proferidas e,
nas entrelinhas do prazer,
sob o fulgor de olhares apaixonados,

Labaredas de prazer, os corpos a acender
atende ao desejo do querer mais,
da flor o mel, entre os (lábios) da abelha,
da abelha o mel, entre as pétalas da flor...

Uma noite espetacular!
As estrelas querem sondar mais...

Eternizam a noite suplicando
ver a abelha sobre a flor aberta,
liberta, sob beijos de amor
até que a abelha...

sugue uma vez mais , todo o seu mel
sob eternas horas de prazer...

(imagem de: Fernando Peres Nunes em: http://www.olhares.com/)

Um comentário:

daufen bach. disse...

Olá minha cara amiga Marta!
tu blog está realmente lindo!
qto a poesia, não a muito que dizer...
poucas pessas conseguem traduzir desejos, volúpias de uma forma tão sutil e apaixonante!
estás, realmente, de parabéns.


abraço terno a ti!
daufen bach.